Ciclo de Coaching em Educação: Como Funciona?

Um ciclo de coaching envolve desenvolvimento profissional focado e sustentado, que permite dialogar em profundidade sobre a prática. Portanto, é uma abordagem ideal para testar estratégias de ensino e a aprendizagem e refletir sobre o impacto das mesmas. Na  Graded School, usamos o modelo de coaching centrado no aluno de Diane Sweeney como diretriz para nosso trabalho. Portanto, o coaching não tem como objetivo “consertar o professor”, mas sim melhorar a aprendizagem dos alunos. Em um ciclo de 4 a 6 semanas, o objetivo é obter resultados em termos de ganhos na aprendizagem em face de uma estratégia de ensino baseada em pesquisa e identificada com potencial de impacto nos alunos. Dados concretos são utilizados para medir este esperado ganho na aprendizagem.

Se quiser saber como é estar em um ciclo de coaching, dê uma olhada neste exemplo de Estudos Sociais do 9 ano.Esta foi uma parceria entre o Prof. Adam Pierce, de Estudos Sociais, e Silvana Scarso Meneghini, Teaching & Learning Coach do Ensino Médio.

Inicie pelo seu interesse

O ciclo de coaching dos Estudos Sociais 9 começou com um texto trazido por Mr  Pierce sobre Planejamento de uma Unidade de Aula, do livro de Myron DueckGrading Smarter not Harder“. Mr Pierce havia retornado de uma conferência sobre “avaliação e aprendizagem” do Assessment Training Institute em Portland (ATI), onde assistiu a sessões lideradas pelo autor do livro.

Licensed under Creative Commons by Pixabay <http://bit.ly/2nBeyuC>>

Mr. Pierce estava interessado em explorar objetivos de aprendizagem como parte de seu Plano de Aula que seria compartilhado com os alunos com a intenção de incentivá-los a ter maior controle sobre sua própria aprendizagem. Foi assim que desenvolvemos nossa meta de coaching.

OBJETIVO: Defina o seu e não desvie!

Uma característica importante de um ciclo de coaching é a definição de uma meta de aprendizagem para os alunos e o esforço contínuo para manter tal meta como diretriz para todo o trabalho. Por ser o ensino um empreendimento tão complexo, pode ser muito fácil desviar a atenção para inúmeras questões relacionadas, mas que não pertencem à meta. A manutenção do foco permite um acompanhamento mais preciso da meta de aprendizagem.

Licensed under Creative Commons <http://bit.ly/2oRxMMI>>

A meta de aprendizagem do coaching cycle para a classe do Mr Pierce foi definida da seguinte maneira: “Melhorar o desempenho relativo aos objetivos de aprendizagem para o Tópico da Reforma Anglicana, através do apoio à auto-regulação dos alunos.”

 

 

O foco de nossa investigação foi a habilidade dos alunos para se auto-regular, gerenciando sua própria aprendizagem tanto quanto possível, com o fim de alcançarem os objetivos de aprendizagem para o Tópico estudado. Uma medida de sucesso desta estratégia seria uma auto-regulação eficaz.

Arrow image licensed under Creative Commons by Wikimedia.<bit.ly/2oaAAQe>

Apaixone-se pelos Dados da Sala de Aula: Seu Guia e Recompensa

Os dados nos mantém ancorados no objetivo do ciclo de coaching, permitindo uma ação focada e uma reflexão eficiente. Há uma gama de opções de dados que podem ser utilizados para este fim, e estes não precisam envolver estatísticas sofisticadas. Como nosso objetivo do ciclo de coaching envolveu a auto-regulação do aluno, tivemos que usar dados que demonstrassem esse tipo de habilidade. Como parte de seu processo de auto-regulação, os alunos tinham que escrever constantes reflexões em seu blog sobre sua performance nas atividades utilizadas para ajudá-los a atingir seus objetivos de aprendizagem. Tais reflexões fizeram parte dos dados para apoiar o ciclo de coaching.

Student self-regulation DATA: blog reflections

Também precisávamos de dados para medir o desempenho dos alunos e verificar onde havia crescimento. As metas de aprendizagem para a unidade foram avaliadas através de uma redação sobre as questões propostas. A rubrica para este tipo de redação avaliou se os alunos eram capazes de apresentar Tese-Evidências-Análise, mostrando habilidades de pensamento crítico e argumentação histórica na aplicação do conhecimento. Como o mesmo tipo de rubrica / avaliação foi usado na unidade anterior, decidimos usar as notas desta avaliação Somativa em ambas as unidades como medida de desenvolvimento da aprendizagem. O gráfico abaixo mostra uma melhora significativa na habilidade dos alunos em fornecer uma sólida Tese-Evidências-Análise, especialmente considerando o aumento da quantidade de conteúdo e portanto a complexidade, na unidade atual.

Student performance DATA on Claim Evidence Analysis historical writing

Explore estratégias de ensino baseadas em pesquisa

Iniciando com o interesse do Prof. Pierce pelos Planejamentos de uma Unidade de Aula de Myron Dueck, fomos aos poucos aprofundando o conhecimento ao fazer uma conexão com o trabalho de Jan Chappuis baseado em pesquisa sobre Sete Estratégias de Avaliação para Aprendizagem (Seven Strategies of Assessment For Learning).

Myron Dueck – Unit Plans <bit.ly/2pvSYbc
Jan Chappuis – Research-based Seven Strategies bit.ly/2oRMdQl

Envolva-se em uma Conversa Profissional Reflexiva

Com que freqüência e por quanto tempo você tem o luxo de se engajar em uma profunda conversa profissional? Quando é que você tem apoio para efetuar uma análise de dados sobre o progresso na aprendizagem dos alunos?

A conversa reflexiva com o Prof. Pierce gerou muitos insights, que foram benéficos para sua prática na sala de aula e também para o seu Departamento. Ambos ficamos muito satisfeitos por analisar os dados de reflexão dos alunos, que nos mostraram como eles são capazes de identificar as suas próprias necessidades e agir em função dessas necessidades, quando seus objetivos e modelos de aprendizagem são claros. Como professor, o Sr. Pierce não teve tempo de ler todas as reflexões dos alunos, que foram muitas em toda a unidade. Mas como coach, eu pude ler cada uma das reflexões porque eles faziam parte de nossos dados do ciclo de coaching. Isso nos deu muito mais conhecimento sobre os alunos e nos sentimos mais seguros sobre nossas conclusões.

Some of the selected students’ reflections organised by focus

This is a cross post from Graded Teaching & Learning – traduzido para o Português.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Leave a Reply